Imagem

Você acha que tem o metabolismo ruim?

Você sabia que estudos com fósseis verificaram que a parte do nosso DNA relacionada com nosso metabolismo mudou pouco nos últimos 50 mil anos? O homem pré-histórico caçava, lutava e corria para sobreviver.

Além disso, a disponibilidade de alimentos era intermitente, a sobrevivência exigiu que tivéssemos a capacidade de armazenar energia para épocas de escassez.

Essa adaptação explica porque 85% dos humanos carregam os genes poupadores, que nos ajudam a conservar energia e armazenar gordura.

Antes de ficar com raiva de seu corpo e falar “meu metabolismo é ferrado” ou “devo ter algum problema biológico” lembre-se de que nossa tendência de guardar energia foi o que garantiu a sobrevivência de nossos antepassados.

Evoluímos para gostar muito de comida e guardar energia!

Além disso, somos preparados para o esforço. Aquilo que somos hoje é resultado de esforço, dificuldades, privação, e dureza do clima.

Usamos muito menos as funções adaptativas do que os nossos antepassados (sobretudo nos últimos 50 anos) e suprimimos o constante exercício para os órgãos internos manterem o equilíbrio.

Você já pensou no impacto disso para a saúde? Veja quantas doenças ligadas ao sedentarismo existem atualmente ... Até mesmo nossos Pets estão sofrendo com doenças do sedentarismo.

Tem muita gente que fica esperando uma fórmula mágica, um chá que acelere o metabolismo, algum remédio milagroso ou tratamento estético que derreta a gordura, mas a solução mais efetiva não é novidade pra ninguém, é a boa e velha construção de um estilo de vida saudável. 

Você não vai mudar seus genes. 

Mude seus hábitos!